Categoria: Destaques

Mais um post pra ajudar quem está com o projeto de criar/melhorar seu blog. Mas gente! Que coisa difícil esse papo de escolher logotipo.

Acho super importante todo blog ter uma ‘marca’. Uma imagem, para seus novos leitores, se lembrarem de alguma forma, de tal blog…Além de ter outras utilidades, como colocar como ‘tag’ em fotos e até mesmo vídeos.

Indecisa que sou, fiz algumas opções para eu mesma escolher hahah e olha que foi difícil, viu? Abri um arquivo em branco no Photoshop, e fiz mais ou menos o que eu já tinha pensado, com o que me desse na telha.

O tutorial é todo feito no Phostoshop, então você precisa ter o programa ok? Letsss…

1 – Primeiro vamos criar um arquivo em branco. “File > New”.

01

 2 – Escolha um tamanho que você vai se sentir a vontade para trabalhar sua imaginação. Seu logo tem que ser na medida do possível, pequeno…Mas, eu gosto de bastante espaço em branco para ‘pintar’ o que eu quiser…Escolhi este tamanho, que é o tamanho da imagem abaixo. A ‘resolution’ deve sempre estar em 72/78. E “Background Contents”, em transparente.

02

 3 – Depois disso, basicamente usei as formas do próprio Photoshop. Você não precisa baixar nenhum tipo de material…Na lateral, tem a barra de ferramentas, selecione essa “amoeba” aí…

04

 4 – Lá em cima, na setinha “shape”, tem várias formas pra você usar como quiser…É só escolher a forma, clicar e arrastar no espaço em branco do arquivo que criamos, e deixar do tamanho que você quiser…

05

 5 – Para mudar a cor, colocar sombra ou borda, você pode fuçar em tudo em “Bleending Options”. Clique esquerdo, ali no cantinho conforme a imagem. 

06

6 – Com a ferramenta Texto, você coloca o nome do seu blog, o seu nome ou o que você quiser. Você pode aplicar sombra, cor e borda também com a mesma ferramenta da imagem anterior.

07

 7 – Como colocamos o fundo transparente no início, precisamos salvar em formato “.png”. Assim você pode colocar em qualquer foto ou vídeo, de forma que ele fique sem qualquer tipo de fundo, sabe? Vá em “File > Save As…”

08

8 – Vão ter várias opções de formatos, mas a única que a gente precisa é a “.png”…É só selecionar, e salvar!

09

Agora, vou mostrar para vocês, as opções que eu havia feito…Na verdade houveram mais alteração de fonte/cor do que a própria arte  em si.

010

 

E por fim, decidi por este:

011

É isso, espero que tenham gostado/aprendido…Me mandem o de vocês, e me contem suas experiências!

Beijones

 A minha primeira dica para quem tá começando, e quer acrescentar palavras ao vocabulário, começa com post-it. Há tanto o que aprender dentro da nossa própria casa, que fica difícil decorar de uma vez só. Mas…e se colocarmos as palavras (em inglês, claro) no nosso dia a dia?

02

Eu já tinha em casa esses pequenininhos, coloridos e do jeito que eu gosto hehe. Foram cerca de R$15,00 os quatro juntos, e dá para utilizar em tanta coisa além disso. Mas com certeza essa quantidade dá para todos os cômodos, itens e objetos de sua casa. 

04

As coisas ou locais que você não sabe, vai no amigo google tradutor e cola o post-it no objeto. Sempre que você for à aquele local, ou usar o objeto você vai ver sua anotação, e vai decorar/aprender sem perceber. É simples, pode até parecer bobo e deixar sua casa ou sua mãe louca. Mas é temporário, juro! Dá pra aprender rapidinho, e realmente ajuda.

Beijossss <3

Pra quem não sabe, eu sou completamente fissurada no filme Titanic (não somente no filme, na real tragédia e tudo). Foi o primeiro filme que me lembro de ter assistido com meu pai (que me chamou para assistir) e desde então queria estar assistindo sempre. Era daquelas que assistia repetidas vezes e sabia todas as falas. Meus pais não aguentavam mais.Já cheguei até a me vestir de Rosa, e quase me suicidar da cama da minha mãe, com os sapatos de salto e a camisola vermelha dela HAHAHA pronto, contei. 

Enfim, minha paixão de desde criança segue, e eu vim contar algumas curiosidades para vocês! Antes, só um recado: se você não assistiu o filme (de que planeta você veio????), você não vai entender nada!! 

Filme

01

1 – A cena que o Jack ensina Rose a cuspir, foi quase toda improvisada. Assim como a cena em que ela cospe em Cal. Na verdade ela deveria espetá-lo com um grampo de cabelo. Se eu fosse o diretor, minha reação seria tipo: WTF???????? Por que não pensei nisso antes? Dorei!

2 – Ainda falando em improvisos, essa é boa! A frase “eu sou o rei do mundo” está em 4° lugar entre as 100 maiores frases do cinema, e foi totalmente improvisada pelo Leonardo DiCaprio.

3 – Cameron foi: diretor, roteirista, editor e produtor. Mas o danadinho não se contentou com “somente” isso, e fez participações especiais no filme. Ele quem realizou todos os desenhos de Jack. Como Cameron é canhoto e Jack destro, as imagens tiveram que ser invertidas na pós-produção. As mãos que aparecem no desenho de Rose peladaça também é dele. Ah! E ele aparece na cena da festa em que Jack e Rose dançam e na que Murdoch começa a atirar. 

02

4 – O filme custou 200 milhões de dólares. São 60 milhões a mais do que custou o verdadeiro Titanic.

5- Rose, em sua velhice, é dona de um Pomerânia. Ele foi um dos três únicos cães que sobreviveram ao desastre.

6 –  Foi o 1º filme na história do cinema a ultrapassar a barreira do um bilhão de dólares arrecadados apenas nas bilheterias.

03

7 – O filme permaneceu na lista das 10 maiores bilheterias da semana, nos Estados Unidos, por quase seis meses.

8 – Os figurantes (a maioria) nas cenas da casa das máquinas eram mais baixos, para fazer o  motor parecer maior (se eu estivesse lá, o motor ia parecer gigante).

9 –  A réplica do navio construído para o filme é 10% menor que o verdadeiro Titanic.

04

10 – Na cena final, que a Rose vai se encontrar com o Jack na escadaria principal, o relógio atrás do Jack, marca 2h20. Esse foi o exato momento em que o Titanic verdadeiro afundou.

11 – A Paramount precisou enviar rolos reservas para os cinemas que tinham literalmente desgastado suas cópias (se estivesse por lá na época, eu seria uma das culpadas).

12 – Chegaram até a contar quantas vezes Rose e Jack dizem o nome do outro! Rose diz “Jack” 80 vezes no filme (!) – contando com as falas de Kate Winslet e Gloria Stuart – e deixando de lado as vezes em que cita o personagem o chamando de “Sr. Dawson”. Já ele, diz “Rose” 50 vezes. 

05

13 – Na cena em que Jack vai desenhar a Rose do jeito que veio ao mundo, ele diz: “Deite-se na cama, digo, no sofá”. Na verdade, foi um erro de DiCaprio (vulgo meu amor) pelo nervosismo na hora. Mas, o diretor gostou tanto que manteve a cena (você nunca mais vai assistir a essa cena com os mesmos olhos depois de saber disso).  

14 – A inspiração para fazer o filme, veio de outro. O “Somente Deus por Testemunha”, que também aborda o naufrágio de um navio. 

15 – Há diversos erros que foram corrigidos na versão 2012 do filme (quem aí foi no cinema ver em 3D?), como câmeras aparecendo, aparições de acessórios para efeitos especiais, ou luzes da cidade em que o filme foi gravado. Dá pra ver todos os erros com fotos aqui e aqui.

Em fatos reais…

06

16 – Os donos da loja Macy’s (uma loja de departamento muito conhecida nos EUA) Isidor e Isa, morreram no Titanic, e são simbolizados pelos idosos abraçados na cama enquanto a água inunda o quarto. À Isa, ofereceram um lugar no bote salva-vidas, mas ela recusou, para ficando com o marido. Disse: “Como temos vivido juntos, vamos morrer juntos” (houve uma cena filmada que retratou este momento, mas foi cortada da versão final – que bom porque eu ia chorar horrores).

17 – Na cena em que Jack está tentando impedir que Rose se suicide saltando do navio, ele diz que a água do mar gelado é como se milhares de facas entrassem por todo o seu corpo. E na verdade, essa foi uma descrição real, feita por um dos sobreviventes do Titanic. 

18 – Depois que terminou o script, Cameron descobriu que existiu um J. Dawson que morreu a bordo do Titanic. Hoje o túmulo é o mais visitado do cemitério.

19 – O pedaço de madeira que flutuava sob Rose após o naufrágio é a réplica de um artefato genuíno que sobreviveu ao naufrágio e está em exposição no Museu Marítimo do Atlântico, em Halifax, Nova Scotia.

Gravações e elenco:

07

20 – Kate Winslet foi uma das poucas pessoas do elenco que não quiseram usar roupa de mergulho térmica especial durante as cenas do naufrágio. Adivinhem? Ela acabou pegando uma bela de uma pneumonia. Há boatos que ela chegou perto de abandonar a produção, mas foi convencida pelo diretor a continuar (sei).

21- Gloria Stuart (a Rose velhinha) era a única pessoa que trabalhou na produção do filme, que viveu em 1912. Ela interpretou Rose com 101 anos. Mas na época, tinha 86.

22 – Vocês conseguem lembrar o filme, sem pensar na musiquinha de fundo: “Yoooooooooooou’re here, there’s nothing I fear “??? Pois é, nem eu! Mas, James Cameron não queria incluir nenhuma música no filme. Então, teve todo um plano secreto. O compositor James Horner reuniu (secretamente) o letrista e a Celine Dion para escrever “My Heart Will Go On”  para gravar uma fita demo, que então foi apresentada a Cameron, que gostou bastante e decidiu colocar no filme.

23 – Após as filmagens, os restos do navio, em tamanho real, foram vendidos como sucata. – Por que não deram pra mim????

24 – Durante as gravações em agosto de 1966, um “brincalhão” colocou uma substância alucinógena (fenilciclidina – pó de anjo) no ensopado servido para o elenco e equipe. 80 pessoas foram hospitalizadas com alucinações, incluindo o diretor James Cameron e o ator Bill Paxton. Muitos suspeitaram de que não se tratou apenas de uma pegadinha, mas sim de um ato de vingança contra a postura autoritária do cineasta. A polícia chegou a ser chamada para trabalhar no caso, mas a sabotagem nunca foi confirmada.  – Será que foi recalque?

08

25 – Na cena em que a água destrói a sala da escadaria, os produtores tiveram apenas uma chance de faze-la, pois nesse tape, os móveis e todo o set de filmagem seriam destruídos. Se não desse certo…ai ai ai. Ao todo, mais de 300 mil litros de água foram utilizados na cena, o que foi suficiente para destruir a escadaria por completo, inclusive o suporte de metal.

26 – No início de produção, o filme teve o breve título de “Ice Planet”. Boatos dizem que era pra manter a produção em segredo. E eu acredito nesses boatos, o cara foi espertinho. 

27 – O conceituado astrônomo Neil deGrasse, percebeu um erro na cena em que Rose está deitada no pedaço de madeira olhando para as estrelas. Olha como o cara é zica da galáxia: Ele mandou um e-mail desaforado (segundo Cameron), dizendo que naquela época do ano e naquele ponto do Atlântico em 1912, não são aquelas estrelas que ela deveria estar vendo. O diretor então, desafiou o astrônomo a lhe enviar a posição correta das estrelas naquele momento, há quase 100 anos. Ao receber o material, James Cameron não pensou duas vezes e refilmou a cena, inserindo-a na versão 3D.

28 – A maior parte da decoração do navio foi construída sob a supervisão da White Star Line, a companhia original que construiu e forneceu o Titanic.

29 – No último dia de filmagem, a produção do filme estava tão certa de que o filme seria um sucesso, que todos se despediam dizendo “Vejo você no Oscar”. Após o fim das filmagens, a produção distribuiu camisas com a estampa “Eu sobrevivi a trabalhar com James Cameron”Hahaha o cara devia ser barra mesmo.

30 – Para filmar a quase 4 mil metros de profundidade, James Cameron teve que desenvolver junto a Panavision uma câmera especial que suportasse a pressão no fundo do mar e tivesse mobilidade do lado de fora de um submarino. A câmera só conseguia gravar por 12 minutos, então o diretor tinha que aproveitar ao máximo cada viagem ao local.

Erros:

09

31 – A espécie de golfinho que aparece na cena em que Jack está na proa do navio, só vive no Oceano Pacífico (o Titanic Naufragou no Atlântico).

32 – Na cena em que Jack está fumando, o cigarro é com filtro. Os cigarros com filtros só começaram a ser fabricados 30 anos depois do naufrágio.

33 – Na cena de colisão, Thomas Andrews o projetista do Titanic não sabia de nada naquele momento ele nem tinha sentido nada naquela hora. (comprovado historicamente), mas na cena em que o navio esta em choque com o iceberg Thomas Andrews sente o tremor do navio. criar loja virtual

34 – Antes de correr pra se suicidar, na cena em que ela está na sala de jantar, ela está com um colar. Mas, quando ela tá sendo Rose a jato (vulgo correndo), ela está sem. Esse erro é super comentado! Mas o erro foi pelo fato de uma cena ter sido deletada entre elas. Seria uma em que Rose arranca o colar em um surto em seu camarote. 

Outro erro detectado também foi por culpa de uma cena deletada, que é quando eles correm do Cal (que quer atirar neles), e estão secos (da cintura pra baixo). E na cena seguinte, aparecem completamente molhados. A cena seria a de Rose e Jack se deparando com a porta fechada e Cal manda Lovejoy para mata-los.

Só separei esses erros, porque foram os que mais “me chamaram atenção”. Mas, você pode ver 242 erros do filme aqui.

Com erros ou não, pra mim é o melhor filme pra sempre hehe <3 

 Olha, eu não sou uma pessoa fácil pra chorar em filmes não…(pra quem não chorou em “a culpa é das estrelas” e logo depois ser acusada de insensível!!!). Mas fiz uma listinha, dos que já conseguiram me tocar tanto, que me fizeram chorar. Listei todos que consegui lembrar…

001

1 – Titanic: Sou completamente fissurada em Titanic desde que me conheço por gente (tanto, que foi difícil escolher somente uma imagem para colocar no post, queria colocar um milhão das que eu gosto). Mas eu só chorei de uns tempos pra cá. Não somente por causa do romance, mas pela história real das pessoas que morreram na tragédia. Eike cai lágrima. Assista aqui. 

004

2 – A última música: Mais uma vez, o que me toca não é o romance, mas sim a história da personagem com o seu pai. E tudo o que acontece no final, que eu quase ia contar, mas aí lembrei que podem ter pessoas que ainda não viram hehehe Assista aqui.

005

3- À procura da felicidade: Sou dessas que assiste um filme só por causa do elenco, e o motivo desse foi: Will Smith, que (na minha opinião) só faz filmão! E esse não me decepcionou, muito que pelo contrário! É um filme inspirador, lindo e fez cair um cisco no meu olho…sabe? Assista aqui.

006

4 – Dois filhos de Francisco: Ainda nessa vibe de pais e filhos…Nunca que na minha vida eu acharia que iria chorar com um filme brasileiro. Acho esse filme uma produção brasileira das boas! E o que eu mais gosto: baseado em uma história real (é só dizer essas palavrinhas mágicas, que eu ficarei muito mais sensível para uma história). Aí que me quebra o coração!! Assista aqui.

007

5- Click: Gente, esse eu chorei horrores!! E que atire a primeira pedra quem não chorou, viu? É um  daqueles filmes que dá pra dar risadinha também, e que você aprende uma grande lição no final. E que jeito criativo de passar isso pras pessoas! Assista aqui.

008

6- Marley e eu: Outro que todo mundo provavelmente já chorou. E se não viu, vai chorar. A história te envolve, que sei lá! Me fez chorar quase horrores. Filme bonitinho! Assista aqui.

009

7 – O menino do pijama listrado: Esse tipo de filme, é daqueles que te deixa com uma dor no coração do começo ao fim. Quem já leu o livro, também provavelmente chorou. Deixei ele por último, para um “gran finale” hahaha. É lindo, e o melhor: baseado em fatos reais. Só de falar me da vontade de assistir de novo. E se assistir de novo, eu acho que choro de novo, gente! Assista aqui.

E vocês? Já assistiram e choraram com algum desses? :) 

Beijosssss <3