Categoria: Resenhas

Antes de mais nada: não. Não sou uma sortuda, ryca ou filhinha de papai que ganhou um brinquedo novo haha. Só Deus sabe há quanto tempo eu queria essa câmera, e quanto trabalhei pra ter :) 

E antes de mais tudo: Este não é um post que vai explicar todas as funções da câmera, muito menos em termos técnicos. Então, vamos pro resto:

Historinha: A T5i não é uma consequência só do blog, mas também da minha paixão por fotografia. Desejava uma câmera semi profissa, bem antes de ter o blog. Amo fotografar em geral, e momentos dos meus irmãos também, que estão crescendo rápido e registrar cada momento é importante. O blog pode ter ajudado a fortalecer essa vontade, mas tenho outras razões tb. 

02

Apesar de (antes) o blog não ter muitas fotos autorais, acredito que tenha dado para perceber que as desse post não foram tiradas com meu celular kakaka. Já tinha ouvido falar muito dela, sabia da qualidade e lentes. Mas nada como ver na nossa mãozinha, e tirar as nossas fotos e se emocionar kakaka,

Não peguei nenhuma lente (além da que vem no kit), mas você pode escolher na hora da compra. Fiquei na dúvida entre a 50mm e a 18-55mm. E acabei escolhendo esta última opção. Ela tem foco silencioso (vídeos agradecem), zoom e é meu amor. 

03

A tela é touch, isso ajuda a focar para auto retrato e vídeos. O visor pode “sair” do corpo da câmera, e ser virado para você e pra onde cê quiser (esqueci de tirar foto dela assim, ops)! O único quase contra dela, é a bateria. Ela não dura tanto, por isso é bom uma bateria extra (que não é o meu caso, droga). 

Como moro em SP, pesquisei os preços por aqui. Descobri que na Paulista era um bom lugar. Então, fui em todos os boxs possíveis, ver quais eram os preços dos vendedores que tinham por lá. Pedia um cartãozinho pro vendedor, e anotava o valor da câmera no box dele, lá. Assim comparei até lá e comprei no que fez um preço melhor. Comprei um tripé, controle e uma bolsa pra carregar a câmera também. Não, não vou falar o preço, mas recomendo a compra lá. Tem garantia e NF sim! Para acessórios de câmera também, como lentes por exemplo…os preços lá são beeem melhores que os da internet. 

04

Sei que muita gente que me acompanha tem blog e vontade de ter essa câmera. Meu conselho pra você: calma! Tudo tem seu tempo e o momento de você ter a sua vai chegar também, é só você ter foco e se esforçar. Aliás, para tudo na vida, né? 

As vezes temos pressa das coisas, queremos nossos sonhos logo em nossas mãos. Mas se fácil vem, fácil vai. Então respira, agradece o que você tem e vai atrás do que você quer sabendo que é uma escada. Conquistamos um pouquinho a cada dia. As grandes coisas são construídas com pequenos passos. 

Pra quem quer dicas de como juntar dinheiro, eu dou dicas valiosas nesse vídeo AQUI. Vai ser útil pra você também! :)

Fiquei super feliz com minha nova ‘conquista’ e agora sim: vão ter vídeos com uma qualidade legal no canal também.

Depois de filosofar horrores, vou encerrar por aqui. Qualquer dúvida, podem perguntar nos comentários. 

Beijão! – Snap: GabsVerissimo | Intagram: @GabsVerissimo

“Obrigado Senhor”.

 

Postei no facebook que precisava fazer um post, mas não conseguia parar de ver série. Aí é que veio nos comentários “faz um post sobre a série que você está vendo!”. Eu nem tinha pensado nisso…kakaka.

Eu sou o tipo de pessoa, que não pode começar a ver séries, porque não sabe brincar. Eu começo a querer só assistir e deixar de viver, comer, sair…O pensamento de “preciso saber o que acontece no próximo episódio” vira rei. E a situação de “só mais esse episódio” se repete muitas e muitas vezes. 

Mas o que é a vida sem séries, gente? Conclusão: preciso ver séries, que não me prendam tanto, pra eu dar risadinha e viver também (caso sério). E aí, descobri “How I meet your mother”. São 9 temporadas de risadinha e episódios de 20 minutos! Tem todo um contexto a série no geral, mas a maioria dos episódios não desperta a curiosidade para o próximo (eu disse a maioria). 

02

“Como eu conheci sua mãe” – Tradução. A série é narrada por um dos personagens principais. Ele conta para seus filhos as histórias de seus relacionamentos e aventuras de quando era jovem, antes de conhecer a mãe deles. Até chegar na história de como ele conheceu a “mother” (digo mother porque não cheguei na parte ~revelação~, por isso não sei o nome da fia), tem muita, muita história para contar.

Estou na 5° temporada, e a curiosidade de saber quem é a ‘mother’ não passa, e também não sei quando vão revelar. Tenho até medo de procurar na internet alguma coisa sobre a série e descobrir alguma coisa que não devo (xô spoilers). Fui só procurar fotos para colocar nesse post, e descobri qual é a cara da Mother. Droga. 

HOW I MET YOUR MOTHER -- Season 8 -- Pictured (L-R): Josh Radnor as Ted Mosby, Cobie Smulders as Robin Scherbatsky, Neil Patrick Harris as Barney Stinson, Jason Segel as Marshall Eriksen and Alyson Hannigan as Lily Aldrin -- © 20th Century Fox Television

Tem a participação de outros famosos também! Até onde assisti, só vi a Britney Spears…Mas, vi que mais pra frente rola até uma Katy Perry!

Confesso que os primeiros episódios não me prenderam, mas já ouvi falar taaanto desse seriado, que eu insisti. Assisto um pouquinho todos os dias e vou até o fim! Boatos de que o fim não é tão bom e blábláblá, mas eu quero assistir para tirar minha própria conclusão. Por enquanto, a série vai muito, mas muito bem obrigada! 

Então está ai uma dica para quem quer viver e assistir série de dar risadinha! Eu assisto online, pelo megafilmeshd. O seriado é bem conhecido, mas, tem gente (assim como eu há um mês atrás) que não sabia da existência ): hehe. Alguém aí já assistiu?

Beijos <3

Como prometido, aqui estamos: Parte dois do post dos filmes que marcaram minha (pré) adolescência. Parte um AQUI.

Eu amo fazer posts que me dão uma nostalgia boa, e esse definitivamente é um! E a vontade de assistir vários deles de novo, está fazendo meu dedinho coçar para ir pro megafilmeshd …mas tenho que terminar o post, sentar e chorar kakaka.

Ela é o cara

Elaé

O filme é fora da realidade, mas bem engraçadinho!! Não importa quantas vezes eu assista ao filme, eu sempre vou rir em uma cena em especial!! E uma das engraçadinhas, tá aí em cima: ela detonando na janta! haha

Outro bom motivo para assistir ao filme está de regata branca:

elaé5

 Tudo que uma garota quer

tudoq

Ainda falando em Amanda Bynes…Outro filme que essa fia bonita fez e me marcou foi esse. Tem romance, tem lance de pai e filha, e uma moça cheia de coragem…Ah! E tem as najas também, claro. Amanda Bynes estava super em alta na época também, amava assistir os filmes dela! 

Hannah Montana

hannah

 Tá tá tá…”Miley Cyrus, quem te viu quem te vê”. Mas na época, ela estava só no “quem te viu”, de cabelos longos e toda Hannah Montanada! O filme foi a sensação do momento de muita gente, inclusive do meu! Eu lembro que estava ansiosa para assistir, e quando vi, amei e até me emocionei. Tem todo um dilema, uma super produção e uma Taylor Swift no meio <3

High School Musical

high

Tá, não era aquele papo de “nossa, eu amo esse filme”, mas não podia deixar de colocar…O primeiro é o meu menos favorito, digamos. Não gostava tanto, mas assisti os outros, me julguem muahahaha. Quando fui vendo os outros, fui gostando mais, e fui até ver aquele lá no cinema (não lembro qual haha). Não me conformava com o fato de todo mundo saber a coreografia, do nada e “inventar” aquelas músicas juntos no meio do colégio. Alguém volta no tempo e me avisa que é um filme da Disney?

Legalmente loira

legalmente

Está aí o filme que quase me fez gostar de rosa, me ensinou o que a palavra “blonde” significa e me dava vontade de estudar. Mas só vontade mesmo…Brincs. Já cheguei a estudar depois de assistir (o primeiro), por pura inspiração hahaha. Assisti de novo há algum tempinho atrás, e concluí: como nossa cabeça e gostos mudam, né? Até os da atriz, que fez muitos outros filmes de diferentes estilos depois. Assisti vários, e gostei de literalmente todos. Acho que ela faz bons filmes.

No pique de Nova York

no pique1

Antigamente: lindassss, próxima semana assisto de novo! Hoje em dia: táquepariu, que filme bobo! hahaha Esse é um filme que eu não teria paciência de assistir hoje em dia, mas gostava de ver as “minina igual”. E vários outros filmes delas, claro né benhê?

O Diário da Princesa

diario

Muito amor por esse filme que eu assistia em fita! Ficava impressionada, em como aquela menina do começo, se tornava a menina do meio/final kakaka. Gostava mil, mas de tanto assistir com o tempo enjoei. Sim, eu era a louca que assistia várias vezes os filmes que gostava. Quanto tempo de vida será que eu gastei com essa coisa?

Voando Alto

voando

Por último, mas definitivamente não menos importante. Sem dúvidas foi desse filme que saiu minha vontade de ser comissária de bordo que falei nesse vídeo. Assim que assisti pela primeira vez, ele se tornou meu favorito e é muito amor até hoje por esse filme! Mas bota amor nisso! Eu só não estou entendo o que aquelas duas moças estão fazendo na capa do filme, uma de boca aberta e a outra boiando, porque nem aparecer no filme elas aparecem??? kakaka Enfim, é um filme de ir atrás do que você quer, com uma naja como obstáculo, mas sendo um filme: tudo dá certo no final. Tem romance também, tem realidade e tem eu querendo ir assistir de novo agora.

E vocês? Qual filme marcou a adolescência de vocês? Me os filmes, e a idade de vocês! 

Beijos com amô <3

Se eu citar Titanic aqui, vocês vão pedir “chega” né? kakaka. Então tá! Fazer esse post foi uma nostalgia total, e que gostoso, viu? 

Na verdade são filmes que marcaram a minha pré e adolescência. E se você é (como diz minha mãe, e a sua também) “da minha época”, vai lembrar de cada um deles, e aposto que vai querer ir assistir algum também hehe. As atrizes, o jeitinho que os filmes eram feitos, os temas que abordavam, como tudo parecia lindo e o quanto “eu quero fazer isso quando crescer”… Borá!

A nova Cinderela

anova01

Gente, da infância/adolescência de quem essa Hilary Duff não fez parte? Se você é novinha, ok deixamos passar. Agora, se você tem lá para os seus 17/20 anos, você só pode ter vindo de outro planeta hahaha, brincs. É tão romance adolescente esse filme. Eu tenho o DVD até hoje, e eu assisti algumas vezes, porque né? Ficar acordada até tarde para ver no SBT, com escola e prova no dia seguinte não estava dando certo mais kakaka.

Na trilha da fama

Natrilha1

 

Ainda em Hilary Duff, mas dramatizando um pouco: Esse filme me dava uma tristeza no começo, que gente…Depois vai se desenrolando um romance, e tudo mais, e como eu amava assistir esse filme! Foi o meu favorito por muito tempo, porque ele colocou um pouco de realidade/drama ao conto de fadas…Ele não é “clichê” e me deu uma vontadezinha de assistir ele agora…OBS: muitos desses filmes, eu não teria paciência para assistir novamente hoje em dia hahah, mas esse, queria de novo! Um gif do filme para dramatizar:

natrilha(Tudo é diferente agora)

As apimentadas: Tudo ou nada

As apimentadas

Ok que eu gostava de vários filmes da série “As apimentadas”, mas esse era meu favorito! As coreografias, o choque de realidade para uma patricinha, o cheiro de treta e é claro: um recalque forte rolando solto hahaha. A irmã de Beyoncé no elenco, e a Rihanna participando do filme. Pronto, quero mais nada.

Confissões de uma adolescente em crise

Confissões

Tinha uma música no meio do filme que odiava, desde a primeira vez que vi! Fora isso, até gostava do filme…Não era um dos meus favoriiiitos digamos, mas cheguei a assistir mais de uma vez. Linsday Lohan estava em alta na época kakaka.

Sexta feira muito louca

sexta looca

Eike cheiro de sessão da tarde! O filme aborda um tema diferente, que é a relação entre mãe e filha, não foca no romance e até é engraçadinho. Gostava mil também!

Meninas Malvadas

maninasm

Quando eu digo sobre filmes que marcaram minha (pré)adolescência, temos que dar um ênfase bem grande para esse aqui! Coitado do meu pai que tinha que assistir comigo, por repetidas vezes. Mas é um clássico né? 

De repente 30

dere

Outro ênfase beeeem grande para esse filme aqui! Ah é muito amor <3 Hoje em dia o nome do filme, é tema de muitas festas de 30 anos (ah vá!). Eu amo até a voz de dublagem, o jeitão da personagem e todo o resto! Também me deu uma vontadezinha de assistir again!

E eu acabei me empolgando com o post, e separando muito mais filmes do que deveria! Parece que eu tive duas pré adolescências hahaha. Então, vou fazer a parte dois do post, para não ficar tão longo, ok? 

Beijos com amô <3