Querendo estar assim – sozinha
09
jul

Que a sociedade te pressiona para levar uma vida clichê, não é segredo para ninguém. É assim que eu vejo. As perguntas que as pessoas fazem, são sim como uma pressão. Se você namora, perguntam sobre casamento. Se você casa, perguntam sobre filhos. E assim vai…E você teria que viver do jeito que todo mundo pensa que é o ideal. E se eu não quiser ter filhos?

Quando alguém me pergunta se estou namorando, e a resposta é negativa já vem o papo: você precisa sair pra tal lugar, vou te apresentar fulano. Calma aí, migas. Não vou pra lugar nenhum e nem quero conhecer ninguém. Se pra você parece um bicho de sete cabeças estar solteira, no frio em um domingo, pra mim parece um sonho.

Claro que talvez um dia quem sabe eu me apaixone e queira estar com alguém. Mas aí é outra ordem. A minha ordem, das minhas coisas, de como eu quero levar a vida. Querer estar com certo alguém, não querer estar com (qualquer) alguém, entende?  

É engraçado, como as pessoas acham uma pena elas mesmas, ou alguém estar solteiro. Meu bem, eu tenho muito o que viver ainda antes de me prender a alguém (e não tô falando de pegação). Se eu estiver com 25 anos, solteira e feliz não quer dizer que eu vou ficar pra titia em uma casa cheia de gatos (clichê). Quer dizer que eu tô muito nova ainda pra ficar me preocupando com o que você acha que eu deveria estar fazendo com a minha vida. 

large (1)

Não que eu veja o fato de ‘estar com alguém’ como uma prisão. Mas acho que em certas coisas, isso corta minhas asas. 

Eu juro que não sou nenhuma psicopata, muito menos infeliz. Eu estou ocupada com um milhão de outras coisas, pra ficar me preocupando se um dia eu vou encontrar o amor da minha vida. Ele que me procure porque eu, no momento estou ocupada. É que vem uma lista enorme cheia de ‘eu’ como prioridade, pra eu sequer querer ou pensar em sair “a caça” por aí.

Se eu quero ir para balada só dançar com as amigas, também não quer dizer que eu tô desesperada. Muito menos piriguetando e indo beijar um desconhecido. Tem tantas formas de se divertir, pra que é que eu preciso de alguém controlando isso?

Daqui dois anos, ou um mês eu posso ter dado uma chance pro carinha que mora logo ali, ou me apaixonar por alguém que entre na minha vida sem pedir licença. Mas por enquanto, estou querendo estar assim: muito bem acompanhada por outros seres (migos, migas) que não me chamam de namorada. 

Snap: GabsVerissimo | Instagram: @GabsVerissimo

13 Comentários
  1. Meu, você escreve muito bem! Concordo com você em tudo que disse.. a sociedade é muito taxativa e estereotipada! Hoje, namoro, mas quando estava solteira o povo vinha com esses papos também. Acho que namorar é algo sério e não se deve namorar por “estar namorando”, sabe? Esse “Status” não te leva a nada.. Quando aparecer alguém que goste de verdade, aí sim entra tudo isso! Mas não pela companhia, mas sim pela pessoa.
    Enfim! Exagerei aqui kkkk Mas adorei seu texto e sua forma de escrever.
    Beijos! ♥
    coisasloucasdeumamenina.blogspot.com

  2. Gisele disse:

    É bem isso mesmo. Você deve estar com alguém por escolha, não por obrigação ou status. Essa coisa toda é um porre, concordo com você.
    Beijos
    http://www.estilogisele.com.br

  3. Thay disse:

    MARAVILHOSA, SEMPRE!

  4. Letícia Lisboa disse:

    Assim como a Mari, eu também adorei sua forma de escrever e se expressar – parece comigo . Concordo com seu ponto de vista, e, mesmo tendo só 14, já tenho essa mentalidade. Parabéns e sucesso, menina!

  5. Quer coisa mais sem sentido do que falarem que a gente precisa achar nossa outra metade? Nós já somos completas, não precisamos de ninguém para isso. É legal quando achamos alguém para compartilhar o amor que já sentimos por nós mesmas, com certeza. Mas vivemos perfeitamente bem sozinhas, também.
    Falou tudo e mais um pouco nesse texto, amei <3

    http://www.reinodaspalavras.blog.br/

  6. Unshine disse:

    Ah, esses clichês… É uma merda, tudo o que foge do padrãozinho querem te enfiar o dedo na cara e dizer que você está errada pois “as coisas não funcionam assim”. Ah mas você é tão bonita (como se beleza realmente quisesse dizer algo) por que está sozinha? Tenho fulano pra te apresentar… E se eu for lésbica? E se eu tiver um namoro a distância? E se eu não estou interessada em me dividir com ninguém? Se eu estiver dolorida por amores passados e preferir investir em mim primeiro? Não acho que ser teimosa é algo ruim (sou bastante haha), somos diferentes dos que preferem seguir a boiada e continuar a vida sem fazer o que gosta/quer por estar induzido a algo.
    http://www.rumorandhorror.blogspot.com

    • Gabriela disse:

      É verdade!! E eu não posso querer fazer outras coisas, ter outros planos antes de pensar nisso? Me deixem hahaha
      Também sou super teimosa, bate aqui o/
      Adorei o comentário! Beijosss

  7. Nats disse:

    Você falou tudo e mais um pouco, Gabs. Concordo com você em gênero, número e grau. Eu namoro já tem bastante tempo e sempre que perguntam do meu namorado, fazem a seguinte pergunta: “E seu noivo/marido?”. Eu respondo: “Não é meu noivo/marido. É meu namorado!”. “Ah, mas vocês estão há tanto tempo juntos que mais parecem casados.” OI? Acabo não falando nada, mas isso me incomoda MUITO. Porque estar com alguém durante tanto tempo faz de você uma pessoa casada e já com filhos? Se nós quiséssemos, já estaríamos casados, sim. Só que não é por aí que a banda toca, sabe?

    Outra coisa que me irrita MUITO é que a família do meu namorado (as tias e afins) ficam falando que ele está me enrolando pra casar e não sei o quê. Quem disse que estou querendo casar agora? Quem disse que toda mulher é desesperada pra casar? ODEIO essa imagem, sabe? É claro que quero casar com ele, mas não agora. Temos muitos planos e sonhos pra realizar ainda! Pra você ter noção, odeio tanto essa imagem que fazem das mulheres serem desesperadas por relacionamentos, que sempre que vou em casamento, FUJO da brincadeira do buquê. Sei que é brincadeira, mas odeio aquela sensação de as mulheres se matando pra pegar um buquê porque a tradição diz que quem pegar é a próxima a casar. HUMPF! Sou dessas hahahahaha

    Adorei o texto, e de alguma forma, me identifiquei <3

    http://alemdomeumundo.com/

    • Gabriela disse:

      Putzzz Nats, que saco! É isso, não importa onde você esteja, a sociedade vai estar sempre te empurrando pra onde eles acham que você tem que ir.
      Eu fico muito irritada também com esse tipo de pergunta! TIPO de pergunta, porque é alguém te impondo que vc tem que fazer algo. No meu caso é “e os namoradinhos?” Ahhh, me deixa hahaha
      Eu também odeio essa imagem! Brincadeira do buquê também não participo, bate aqui o/ AHSUAHSUHA
      Uhuhuhu obrigadaaa <3

Deixe um comentário